27 ago 2013

Você sabe o que foi a Disponibilidade Seletiva (SA)?

0 Comentários

A “Disponibilidade Seletiva” (Selective Availability – SA) foi uma degradação intencional do sinal público da constelação GPS implementada pelo governo americano por segurança nacional.

Em maio do ano 2000, sob o comando do presidente Bill Clinton, o governo americano interrompeu a utilização da “Disponibilidade Seletiva” a fim de tornar os sinais da constelação GPS utilizáveis com precisão para fins civis e comerciais no mundo.

Em setembro de 2007, o governo americano anunciou a decisão de adquirir a nova geração de satélites para a constelação GPS, chamada de GPS III, sem a “Disponibilidade Seletiva”. Tornando permanente a decisão política do ano 2000 e eliminando uma fonte de incerteza no desempenho dos sinais GPS que havia sido motivo de preocupação para todos os usuários civis pelo mundo. Precisão antes e depois da remoção do sistema “Disponibilidade Seletiva”.

noticia SA
Fonte: NOAA National Geodetic Survey

As imagens comparam a precisão do GPS com e sem o sistema de “Disponibilidade Seletiva”. Cada gráfico mostra a dispersão posicional de 24 horas de dados (0000 – 2359 UTC) tomadas em uma das Estações de Referência de operação contínua (CORS) operado pela Corp NCAD em Erlanger, Kentucky. Em 2 de maio de 2000, a “Disponibilidade Seletiva” foi ajustada para zero. Os gráficos mostram que a “Disponibilidade Seletiva” provacava um erro grande, com dispersão de 95% dos pontos dentro de um raio de 45 metros. E sem a “Disponibilidade Seletiva” essa dispersão caiu para um raio de 6,3 metros com 95% dos pontos.

Fontes:

http://www.ngs.noaa.gov/

http://www.gps.gov/systems/gps/modernization/sa/data/

http://www.gps.gov/systems/gps/modernization/sa/

http://www.geocaching.com/

[acima]